Qual o papel do sistema ERP? Entenda mais dessa estratégia e os benefícios para a sua empresa

Quer saber qual é a importância de ter um sistema ERP na sua empresa?

Melhoria de processos, redução de custos e aumento de produtividade são só alguns dos diversos benefícios que você vai encontrar.

Muito mais do que isso, ele é capaz de levar uma organização a um aumento de receita e também de lucratividade, por isso o investimento tem sido aposta de grande parte delas.
Mas de que forma isso acontece?

É exatamente o que você vai saber nesse artigo.

Além de entender melhor sobre o ERP, você ainda vai conhecer todos os tipos e ficar por dentro das vantagens em implantar esse importante sistema de gestão na sua empresa.
Vamos à leitura?

O que é ERP?

ERP é a sigla para Enterprise Resource Planning, que em português significa Planejamento dos Recursos da Empresa.

Para explicar melhor, trata-se de um software que tem a capacidade de estruturar as diversas operações dentro de uma organização.

Portanto, as tarefas relacionadas a faturamento, compras, fluxo de caixa, balanço contábil, apuração de impostos, administração de pessoal, contas a receber, inventário de estoque, controle do maquinário das fábricas, ponto dos colaboradores, entre outras, podem ser realizadas de maneira muito mais eficiente, ágil e correta.

Mas não é só isso. Esse sistema de gestão ainda é capaz de integrar todas as atividades de forma que fiquem interligadas e que garantam muito mais eficácia ao trabalho.

Mas como o software faz isso?

Registrando informações relacionadas a colaboradores, clientes, fornecedores, produtos, compras, vendas, impostos, pagamento, entre outras.

Dessa forma, ele garante que os dados registrados promovam informações refinadas e abrangentes, ao ponto do empreendedor (ou gestor) entender quais são as mercadorias mais vendidas, o melhor período do ano para as vendas, quem é o melhor cliente, qual a margem do produto e muito mais.

Tudo isso é essencial para que a empresa se torne mais estratégica e competitiva no mercado e, consequentemente, que melhore ainda mais os seus resultados.

Tipos de ERP
Vamos conhecer agora os tipos de ERP?

1 – ERP Legado
O ERP legado foi um dos primeiros sistemas inteligentes do mercado.
Muitas organizações possuem o software há algum tempo e optam por acrescentar outros módulos ou até por fazer as integrações necessárias de forma a manter as funcionalidades que já rodam bem.
Outras empresas que ainda não possuem o ERP, mas que decidem fazer o investimento têm a chance de automatizar e integrar os seus processos com módulos que vão desde a gestão de compras até as obrigações contábeis e fiscais.

2 – ERP Engessado
Esse tipo de ERP é mais barato que os demais e, portanto, pode ser um pouco mais interessante para as empresas pequenas.
O único problema é que ele não é funcional na hora que o negócio cresce e passa a necessitar de um sistema de gestão um pouco mais robusto.

3 – ERP Gratuito
Essa proposta de ERP parece ser bastante atrativa, certo?
Errado!
O problema começou quando as empresas que optaram por ela tiveram que contratar consultorias para parametrizar os seus sistemas.
No final das contas, o barato acabou saindo caro e a expectativa de fazer um processo inteligente sem custo algum foi por água abaixo.

4 – Back office para e-commerce
Esse ERP surgiu para ser uma ponte entre o sistema legado e o e-commerce, as conhecidas lojas virtuais que têm crescido muito nos últimos anos.
E foi justamente por conta desse crescimento que o sistema de gestão acabou tendo as suas funcionalidades bastante incrementadas.
Hoje ele integra faturamento, logística reversa e cadastro de produtos de forma muito eficaz.

5 – ERP Verticalizado para Varejo Físico
Considerado barato, limitado e simplista, esse ERP pode ser uma aposta interessante para as lojas físicas e as redes de franquias devido às funcionalidades específicas para esses mercados, como promoções e controle de vendas e comissões.

6 – ERP Idealizado para Omnichannel
Esse ERP é bastante completo porque ele integra e-commerces, marketplaces e aplicativos, mas também os mais variados meios de pagamento disponíveis.
A integração também pode abranger sistemas de antifraude no varejo físico e online, bem como transportadoras, Correios e fretes.
O sistema de gestão conta com outras funcionalidades ligadas a planejamento de estoque, compras e fluxos dos pedidos de venda.

Benefícios do ERP
Entre os diversos benefícios do ERP estão:
– A redução de custos, de estoque, de pessoal, do tempo de ciclo de ordens e do fechamento financeiro e contábil.
– O aumento de produtividade.
– A melhoria nos processos de suprimentos e de manutenção, na gestão de caixas e em logística e transportes.
– A entrega no prazo.
– O aumento nas receitas e nos lucros da empresa.

Agora que você já sabe tudo sobre o ERP, esse importante sistema de gestão, o que acha de implantar a estratégia na sua empresa?