A importância do SEO em seu site!

Você pode ter o melhor site do mundo, com o melhor conteúdo do mundo, uma audiência fiel e receber visitas vindas das redes sociais e de outros sites. Mas se as ferramentas de busca não conseguem rastrear e indexar o seu site, nada disso vai importar para o SEO, e o pior, as consequências disso serão graves…

SEO é uma abreviação em inglês Search Engine Optimization que basicamente é a forma de organizar o conteúdo do seu site para que os buscadores o classifiquem como um conteúdo relevante e o coloquem como prioritários (primeiras páginas) na busca através de palavras chaves.

Com uma boa classificação você conseguirá obter muito mais visitas para o site vindas de buscas orgânicas (não pagas) para o seu site.

Quase todos os aspectos do seu site influenciam no SEO, alguns com um peso maior do que outros, mas todos são relevantes para uma boa classificação do seu site.

Para ter um bom SEO, você não deve se preocupar apenas em aderir a todas as técnicas e deixar o seu site enquadrado nos elementos que melhoram ou pioram o ranking nas ferramentas de busca.

Você deve se preocupar mais em fazer com que os visitantes gostem do seu site, com a experiência do usuário. Visitem várias páginas, fiquem muito tempo nele, voltem com frequência. Pois como eu disse antes, quanto mais as pessoas gostarem do seu site, mais o Google gostará. Vamos ver mais pra frente o motivo.

Existem duas formas de ficar no topo das páginas dos buscadores, a primeira é pagando, colocando o site na lista de anunciantes e outra forma é por merecimento. Como cultura, os internautas acabam acessando mais os que estão classificados como merecimento. Isso ocorre pelo simples fato de os que estão anunciados sempre cobrarem algo em troca. Mas é possível colocar meu site no topo da lista dos buscadores por merecimento?

Sim, mas não é um trabalho simples, para isso deve-se haver um estudo de índice de pesquisa dos internautas, elaborar o conteúdo do site para que se adeque ao publico alvo e fazer com que seu site ganhe força através de referencias de outros sites do mesmo ramo.

Exemplo: Tenho um site que vende carros em São Paulo. O site tem um belo visual e todo o conteúdo que um comprador deseja mas tenho um baixo índice de acesso. Por que?

Simples. Pesquise no google o que um futuro cliente escreveria para localizar seu site, como: “Venda de carros São Paulo”. Tente localizar seu site nas milhares de páginas encontradas. Não encontrou? Se você não encontra, seus cliente também não encontram seu serviço. Por este motivo, o acesso é baixo.

Um estudo de mapa de calor realizado pela Relevance teve como base os seguintes resultados:

  • A primeira posição do Google recebe 18,2% de todo o tráfego.
  • A segunda posição recebe 10,1%.
  • A terceira 7,2%.
  • A quarta 4,8%.
  • Todos os outros resultados menos do que 2%.

Essa é a força do SEO, cada palavra chave que seu site fica bem posicionado pode fazer toda a diferença na sua quantidade de visitas, consequentemente nos resultados do seu site.

Veja o exemplo da busca “como ganhar dinheiro”, o volume de buscas mensal é de cerca de 800 mil visitas. Se o seu conteúdo estiver em primeiro lugar para essa palavra, apenas essa página do seu site estará atraindo cerca de 145 mil visitas por mês.

Mas existem alguns pontos para serem notados.

O primeiro é que palavras chave como essa possuem uma concorrência muito grande. Desse modo é muito difícil conseguir ficar posicionado em primeiro lugar. Normalmente são portais gigantes, como Globo, Exame, Administradores, entre outros, que conseguem estar nos primeiros lugares de buscas tão concorridas.

Isso acontece pela relevância não só da página, mas também do site. Esses sites possuem milhões de visitas, por isso o Google considera seus conteúdos relevantes para os usuários.

O segundo ponto é que não adianta estar bem posicionado para buscas que não tem nada a ver com seu público alvo.

Você prefere ter um milhão de visitas no site ou mil visitas?

Qualquer pessoa responderia um milhão de visitas, não é mesmo?

Mas e se forem um milhão de visitas totalmente desqualificadas, visitas de pessoas que nunca vão se tornar seus clientes? É melhor ter mil visitantes que são seu público alvo, do que um milhão de pessoas qualquer.

Você não deve focar apenas em atrair mais visitas, deve atrair visitas mais qualificadas.