ERP: Por que esse sistema integrado é indispensável para quem quer crescer?

Muito mais do que um sistema de gestão, o ERP, ou Enterprise Resource Planning, é um fator essencial para o gerenciamento de todos os processos de uma empresa.

De forma geral, ele auxilia um negócio a se tornar mais competitivo e a se desenvolver de maneira sustentável, tudo isso a partir do ganho de tempo, da redução de perdas e da melhoria da produtividade que ele proporciona.

Para saber mais sobre como o ERP pode ajudar a sua empresa a crescer, faça a leitura desse artigo.

Hoje você vai entender o quanto ele pode ser eficaz!

Aproveite as informações!

O que faz o ERP?

Falando de maneira simples, o ERP integra todos os dados e os processos de uma empresa em um único sistema.

Essa integração pode ser funcional, envolvendo os departamentos, que são os sistemas de recursos humanos, finanças, contabilidade, fábrica, vendas, marketing, comercial e compras, ou sistêmico, envolvendo toda a parte gerencial, como os sistemas de informações gerenciais, de processamento de transações, de apoio à decisão, entre outros.

Em outras palavras, o ERP é um software capaz de integrar diversos departamentos de uma empresa, possibilitando automação, otimização de processos e armazenamento seguro de todas as informações do negócio em um mesmo banco de dados.

Dessa forma, os processos ficam organizados, ao ponto de tornar o trabalho de todos os colaboradores simples e prático, além de completamente correto. Isso mesmo! Um bom sistema integrado de gestão evita ao máximo os erros nas informações e nos dados corporativos.

De forma prática, como o ERP ajuda uma empresa a crescer?

De maneira prática, o ERP é capaz de:

Fazer um controle financeiro de uma empresa, acompanhando todo o fluxo de caixa, as contas a pagar e a receber, as receitas e as despesas e muito mais.

Além de entender as finanças do seu negócio de forma clara, você ainda vai saber em tempo real a saúde financeira da empresa.

Controlar todas as vendas e os serviços para que você organize e acompanhe desde a proposta comercial até a emissão da nota fiscal eletrônica.

Com o sistema integrado de gestão você ainda emite boletos e gerencia vendedores, comissões, clientes, e orçamentos.

Estruturar o estoque com o controle do que entra e do que sai, o que garante não só o bom acompanhamento, como também o abastecimento de mercadorias.

Assim a empresa não perde vendas e pode gerenciar facilmente as notas fiscais, os fornecedores e as transportadoras.

Agrupar os relatórios em um único módulo ou distribuí-los em diversos deles. A ideia é facilitar o diagnóstico e a tomada de decisão.

É possível acompanhar faturamento, produtos e serviços mais vendidos, vendas por cliente, evolução de custos e muito mais.

Esses são só alguns exemplos do que o ERP pode fazer pela sua empresa.

Com um melhor controle, ela se tornará mais organizada e, consequentemente, mais competitiva no mercado.

Afinal, uma organização que possui um bom sistema integrado de gestão se torna mais confiável para os clientes, além de mostrar a eles maior agilidade e assertividade nos processos.

É isso que fará o seu negócio crescer!

O ERP, inclusive, é flexível para atender necessidades diferentes, uma vez que cada empresa tem suas características e particularidades.

Pense nessa possibilidade para o seu negócio!