ERP para e-commerce: a importância da integração entre a loja virtual e o sistema ERP

ERP para e-commerce: a importância da integração entre a loja virtual e o sistema ERP

Você tem ou está pensando em ter uma loja virtual e tem avaliado a possibilidade de incluir um ERP para e-commerce?

Então está no lugar certo, pois nesse artigo vou contar tudo sobre o assunto.

Na verdade a sua dúvida é se vale ou não a pena investir em um sistema ERP, certo?

A resposta é simples: vale sim.

Isso porque ele é simplesmente capaz de integrar e controlar todos os processos operacionais da loja virtual em um único banco de dados.

Além de facilitar o seu dia a dia, o ERP para e-commerce ainda vai deixar os seus clientes bastante satisfeitos e bem tendenciosos a comprar mais vezes de você.

Gostou e quer saber mais?

Então continue lendo esse artigo!

 

Como funciona o ERP para e-commerce?

De maneira simples, o ERP para e-commerce faz com que uma venda realizada pela loja virtual gere um pedido capaz de estruturar o processo como um todo.

Ele separa o produto virtualmente, dá baixa no estoque, verifica o estoque mínimo, emite uma solicitação de compra, preenche o sistema financeiro a fim de controlar os pagamentos e os recebimentos, preenche a contabilidade e realiza os balancetes para a apuração de resultados.

Todo esse processo é feito de forma automática, o que não só facilita o seu trabalho como garante que ele seja feito de forma totalmente correta e assertiva.

Pode ter certeza de que isso vai ajudar para que dedique mais tempo e energia em ações estratégicas para a sua loja virtual.

 

Como o ERP para e-commerce se torna útil?

O processo feito por um sistema ERP é bastante útil, em primeiro lugar, para você controlar o seu estoque.

Isso mesmo! Já imaginou o cliente comprar uma mercadoria, mas por uma falta de planejamento aquele produto não constar mais no estoque?

Pode ter certeza de que além dos transtornos em ter que explicar que o produto acabou, você ainda vai fazer com que esse cliente fique completamente insatisfeito.

Mas mesmo que tenha a mercadoria, você precisa separá-la corretamente e na quantidade adequada e entregá-la no endereço certo e na data combinada.

Depois você ainda vai ter que emitir uma nota fiscal, separar o produto, despachá-lo, controlar o estoque, repor a mercadoria, equilibrar a receita com a despesa e controlar o fluxo de caixa.

Mas não é só isso! A sua loja ainda precisa armazenar corretamente as informações de clientes e manter atualizados os dados cadastrais para o envio de newsletters e promoções.

E é exatamente isso tudo que o ERP para e-commerce pode fazer por você. Imagine ter que realizar todo esse processo sem um suporte? Fica praticamente inviável!

Pra melhorar, ele ainda controla o processo de compras, as obrigações fiscais e também os impostos.

Sim, é um trabalho completo e assertivo que vai ajudar muito a loja virtual!

Considere não só os custos, mas também o retrabalho que você vai ter sem planejamento nenhum.

Pois é, nem todos os donos de lojas virtuais assumem esse tipo de controle e de processo, o que é bastante ruim para a competitividade no mercado e para a fidelização de clientes.

Portanto, avalie a possibilidade de ter um ERP para e-commerce e garanta o sucesso do seu negócio!