Arquivos mensais: outubro 2017

Fluxo de Caixa e ERP: tomada de decisões estratégicas

O planejamento dos recursos que entram e saem é essencial para o sucesso de uma empresa. Por ser um software de gestão empresarial, o ERP contribui imensamente na otimização do tempo e também na redução dos gastos nos processos produtivos. Assim sendo, se torna muito útil no controle orçamentário, principalmente no controle das finanças, assim como vendas, orçamentos, pedidos, controle de estoque, nota fiscal, entre outros.

O fluxo de caixa é um montante de capital altamente volátil que uma empresa utiliza como base para firmar novos investimentos. Com a coleta, armazenamento e processamento de todas as informações do fluxo de caixa pelo sistema ERP, há confiabilidade das informações, decidindo assim se a empresa pode arcar com o investimento ou não.

A comunicação entre todos os setores da empresa é o principal atributo benéfico proporcionado pelo uso do ERP. Com dados bem apurados e informações precisas, é possível avaliar o desempenho de todos os setores. Desta forma, o sistema ERP está intrinsecamente associado às rotinas do fluxo de caixa de uma empresa.

Vantagens de um fluxo de caixa saudável

– Criação de planos e projeções de ação eficientes;

– Compreensão dos resultados financeiros de forma fácil;

– Visualização de potenciais problemas financeiros.

Desvantagens do fluxo de caixa sem um sistema ERP associado

– Armazenamento das informações feito de forma ineficiente;

– Informações escassas e com baixa confiabilidade;

– Erros podem destruir planejamentos por completo.

 

Saiba mais sobre o SGE,  o sistema de gestão da Insoft.

10 tendências tecnológicas estratégicas para 2018

As principais tendências tecnológicas estratégicas foram anunciadas no Simpósio do Gartner/ITxpo 2017, em Orlando, e poderão afetar a maioria das organizações em 2018. Estas tendências possuem um potencial disruptivo elevado e apresentam uma evolução crescente acelerada, devendo atingir um pico nos próximos cinco anos.

Estas tendências tecnológicas estratégicas para 2018 estão relacionadas com inteligência artificial, na mistura entre os mundos digitais e físicos e na exploração das relações entre pessoas, dispositivos, conteúdos e serviços para disponibilizar negócios digitais.

Continue lendo 10 tendências tecnológicas estratégicas para 2018

O que é ransomware e como se proteger dele

Certamente você já ouviu falar sobre vírus, malwares e spywares, não é mesmo? Pois estes arquivos executáveis são muito conhecidos por causar danos a computadores, roubar dados e até mesmo chantagear pessoas com informações e arquivos sigilosos.

Apesar de menos conhecido, os ataques por ransomwares estão se tornando cada vez mais frequentes. Os danos causados são inestimáveis e tem um alvo: atacar empresas que armazenam seus dados em servidores digitais.

O que é ransomware?

O ransomware é uma espécie de software mal-intencionado que criminosos instalam em seu computador sem consentimento. Uma vez em seu computador, os dados são sequestrados, criptografando as informações em segundo plano. Depois, ele apresenta um aviso de que seu computador está bloqueado e você não poderá acessar seus dados, a menos que pague um resgate.

Como o ransomware invade um sistema?

Existem várias formas de um ransomware invadir o sistema de um computador ou servidor. Normalmente se dá através de um anexo ou link mal-intencionado de um e-mail, mensagem instantânea, rede social ou qualquer website. Também pode se dar através de uma falsa atualização de software, por exemplo.

O que fazer se o ransomware estiver no computador?

Infelizmente, a remoção do ransomware é praticamente impossível depois que o seu computador ou servidor estiver infectado. Ele bloqueia quaisquer alternativas para reparação do sistema. A prevenção se torna essencial por este motivo.

Como se prevenir de um ataque de ransomware?

A Microsoft oferece uma lista de prevenção para se proteger destes ataques. Dentre elas estão:

– Manter todos softwares do computador sempre atualizados;

– Garantir que a atualização automática esteja habilitada para obter todas as últimas atualizações de segurança do sistema;

– Manter o firewall do Windows ativado;

– Não abrir mensagens de e-mail de spam, nem acessar sites suspeitos;

– Utilizar o Microsoft Security Essentials ou o Microsoft Windows Defender (gratuitos) ou ainda outro programa antivírus e anti-malware com boa reputação;

– Evitar instalar aplicativos e softwares de fontes não confiáveis;

– Ter um backup seguro, atualizado e de fácil acesso.

A melhor solução contra ransomware é a prevenção, portanto, uma navegação segura é sempre aconselhável como prática constante na sua empresa e no seu dia-a-dia. A Insoft conta com serviços de backup, firewall e antivírus para total prevenção dos seus dados. Contate-nos para saber mais.

ERP para micro e pequenas empresas: a importância do sistema de gestão

As micro e pequenas empresas vem conquistando cada vez mais espaço e representatividade no cenário econômico brasileiro. A formalização do negócio de profissionais autônomos vem ganhando o apoio e credibilidade de órgãos competentes. Em dez anos, isto gerou como resultado valores de produção passarem de R$ 144 bilhões para R$ 599 bilhões, segundo dados do Sebrae.

É considerado uma microempresa a sociedade empresária ou simples, a empresa individual de responsabilidade limitada e o empresário com receita bruta anual de R$ 360 mil. Quando esta renda for superior a este valor, mas inferior a R$ 3,6 milhões, será considerada uma pequena empresa, de acordo com a lei geral da micro e pequena empresa.

Escolher um ERP é parte essencial para alavancar os resultados

Através de um sistema de gestão, é possível gerenciar a empresa mais facilmente: os dados ficam de fácil acesso com relatórios simplificados e as informações centralizadas em uma única plataforma. Desta forma, o tempo é otimizado e os gastos com a gestão reduzidos, uma vez que todas as variáveis são administradas de forma unificada: cadastro de clientes, fornecedores, vendas, receita, estoque, reposição, faturamento e outros, acompanhados de forma simultânea.

O uso de planilhas para registro e acompanhamento destes dados é comum em micro e pequenas empresas. O sistema ERP facilita este processo uma vez que o empresário pode cuidar de todas as operações em uma única interface, dispensando o uso de múltiplas planilhas. Além disso, a visualização dos números e indicadores da empresa são facilitados com relatórios integrados e automatizados.

O sistema de gestão da Insoft, o SGE, foi desenvolvido com o objetivo de fornecer as ferramentas necessárias para automatizar e integrar os processos de negócio da empresa em tempo real. Isto permite à empresa tomar decisões com base em informações que refletem o andamento do negócio. O sistema possui módulos desde a gestão de compras até as obrigações fiscais e contábeis de uma empresa para atender as necessidades de pequenas e médias empresas do comércio varejista até a indústria de transformação. O SGE é uma solução própria desenvolvida pela Insoft, o que possibilita uma grande flexibilidade de adaptação do sistema aos processos das empresas permitindo um atendimento mais personalizado ao cliente incluindo as peculiaridades inerentes do negócio.