Arquivos mensais: julho 2017

ERP X CRM

O ERP e o CRM tem funções bem diferentes, mas ambos são usados ​​para aumentar a lucratividade de uma empresa.

Como suas funcionalidades principais são completamente diferentes, é melhor para uma empresa olhar para eles como sistemas separados e autônomos. Quando visto separadamente, é mais fácil ver como o ERP e o CRM desempenham um papel na melhoria da eficiência e no aumento das vendas.

ERP – Enterprise Resource Planning / Planejamento dos recursos da empresa

Os sistemas ERP são voltados totalmente para a gestão interna. Sua principal funcionalidade é organizar áreas, como contabilidade, RH, estoque, avanço de produção e, principalmente, a área financeira. Embora seja aplicado por executivos e administradores, ele pode ser usado também por membros das áreas de RH, contabilidade e logística.

O ERP é mais adequado para empresas de pequeno, médio e grande porte, que estão em crescimento e precisam manter uma coesão e padronização de seus processos em todos os pontos.

Com este sistema, você tem um controle melhor da sua empresa, no que diz respeito às informações financeiras, com entrada e saída de dinheiro, custos, gastos, emissão de nota, controle de inadimplentes, etc.

CRM – Customer Relationship Management / Gerenciamento de Relacionamento com o Cliente – Organização em 360º das vendas

Já os CRM´s são voltados diretamente para as áreas comerciais: vendas, marketing e relacionamento. Tanto para as atividades do gestor, que vai montar planejamentos a curto, médio e longo prazos de forma mais estratégica e exata, quanto para o uso diário dos executivos. Tudo isso dá um panorama de atividades mais apurado, ocasionando um resultado de vendas cada vez melhor.

O CRM será de uso dos gestores e administradores, especialmente os que estão relacionados às vendas e ao marketing, cada um trabalhando de acordo com sua área. Além disso, é um sistema de uso diário dos vendedores – substituindo planilhas e blocos de papel – afinal, são os executivos que vão gerar as informações estratégicas para melhorar o potencial das vendas.

4 dicas de segurança para o seu negócio

Nos últimos meses, várias empresas estão sofrendo ataques na web. Para conter estes ataques, existem algumas etapas simples que podem ser tomadas para evitar a perda de informações dentro da empresa.

Faça backup de seus dados

Isso abrange todas as informações comerciais, incluindo seu site, seus arquivos, seu banco de dados e até mesmo seus contatos do Outlook. Um serviço automatizado de backup noturno lhe dará total tranquilidade.

Mantenha seu software de segurança atualizado

Para defesa contra atividades mal-intencionadas você precisará de um firewall e um software antivírus no local – é fundamental que o software seja atualizado regularmente. Não esqueça, as empresas de segurança têm equipes trabalhando o tempo todo para desenvolver continuamente seus produtos para que eles sigam as novas ameaças que podem causar danos no meio corporativo e pessoal.

Fortalecer as senhas

Com tantas tecnologias ao alcance de nossas mãos, os internautas e empresas armazenam um volume cada vez maior de informações relevantes na web. E sem a proteção de senhas fortes, os softwares e sistemas que as armazenam se tornam facilmente suscetíveis ao ataque de hackers. Use caracteres diversos, incluindo letras maiúsculas e símbolos. Certifique-se de mudar suas senhas a cada três meses e não as compartilhe com outras pessoas.

Treine seus funcionários

Se você emprega alguém em sua empresa, assegure-se de que eles são treinados em segurança básica online. Os funcionários são o maior risco para a segurança de uma empresa. Faça um treinamento básico com sua equipe evitando problemas maiores.

Se você tiver alguma dúvida sobre este artigo ou precisar de ajuda para o seu negócio, entre em contato.

 

O que é ERP? Para que serve esse software?

Quando você procura por “ERP” na internet, a quantidade informações que aparece pode ser esmagadora – para não mencionar um pouco confuso. Todo site parece ter sua própria definição de ERP. Essas diferenças, no entanto, mostram como o ERP pode ser uma ferramenta tão poderosa para seu negócio.

Aqui está uma breve introdução do ERP, mostrando algumas funcionalidades para automatizar o dia a dia das empresas.

O ERP “Enterprise Resource Planning”, mas mesmo com seu nome completo não fornece muita luz sobre o real significado e o que ele faz. Para isso, você precisa dar um passo atrás e pensar sobre todos os vários processos que são essenciais para a execução de um negócio, incluindo gerenciamento de inventário, pedidos, contabilidade, financeiro entre outros processos que compõem uma empresa. No seu nível mais básico, o software ERP integra essas várias funções em um sistema completo para agilizar processos e informações em toda a organização.

A característica central de todos os sistemas ERP é um banco de dados compartilhado que suporta várias funções. Na prática, isso significa que funcionários em diferentes divisões – por exemplo, contabilidade e vendas – podem confiar na mesma informação para suas necessidades específicas.

O software ERP também oferece relatórios atualizados. Em vez de obrigar funcionários a manter bancos de dados e planilhas separadas, que precisam ser mesclados manualmente para gerar relatórios, as soluções ERP permitem que a equipe extraia informações de um sistema em tempo real, facilitando as novas ações e tornando o processo ágil e eficiente.

Quer saber mais? Entre em contato com nossa equipe especializada e tire todas suas dúvidas.