Arquivos mensais: dezembro 2016

A difusão da TI na empresa como um todo

Empresas de todos os segmentos já possuem seus próprios departamentos de TI ou fazem uso de alguma tecnologia por meio de outsourcing, ou terceirização, termo mais conhecido no Brasil. Contudo, percebeu-se que as mesmas paredes que organizam as corporações em diferentes setores, acabam também por dividi-las. Em um mercado que exige vasto conhecimento global e caráter inovador por parte de seus profissionais, hoje a tecnologia é a via capaz de reunificar estes esforços em nome de maior eficiência.

A estrutura vertical das empresas, regida pela hierarquia e divisão das tarefas, delimitou os profissionais em especialidades. Isso acabou por gerar silos, que muitas vezes não se conversam e atuam no sentido contrário ao do core business. A “horizontalização” do trabalho tem sido uma boa saída para formar um ambiente que estimule a integração de equipes e o conhecimento sobre as missões e os valores de uma instituição – sendo a tecnologia peça central para este processo. Com isso, já tem início um movimento que aposta na cultura da “TI na empresa como um todo”.
Continue lendo A difusão da TI na empresa como um todo

Espionagem econômica no ciberespaço

Em 2015, os Estados Unidos e a China, assinaram um acordo prometendo, um ao outro, não realizar ou tolerar a espionagem econômica no ciberespaço.
Em 2015, os Estados Unidos e a China, assinaram um acordo prometendo, um ao outro, não realizar ou tolerar a espionagem econômica no ciberespaço.

Até então vista como uma preocupação somente dos Estados-nação, a espionagem pode atacar diversas empresas independentemente do tamanho: dados de propriedade intelectual como informações sobre novos produtos são vendidos a altos preços para os competidores e rivais das empresas-alvo.

As ofertas de Espionagem como um Serviço estão disponíveis em fóruns da Deep Web e os atacantes podem facilmente comprar as ferramentas necessárias para espionar e exfiltrar dados corporativos altamente confidenciais. Eles podem até mesmo contratar hackers para fazer a espionagem propriamente dita para eles.
Continue lendo Espionagem econômica no ciberespaço

Ransomware em hospitais: uma infecção difícil de curar

De acordo com Edgar Vásquez Cruz, gerente da área de governo na Intel Security, instituições de saúde são um alvo fácil para cibercriminosos, porque os administradores de rede precisam gerenciar infraestruturas antigas que contam com programas e sistemas operacionais obsoletos ou que não possuem mais suporte
De acordo com Edgar Vásquez Cruz, gerente da área de governo na Intel Security, instituições de saúde são um alvo fácil para cibercriminosos, porque os administradores de rede precisam gerenciar infraestruturas antigas que contam com programas e sistemas operacionais obsoletos ou que não possuem mais suporte

A maioria dos agressores direcionam seus ataques contra os mais fracos e rentáveis, ou seja, contra vítimas que não podem se defender e com as quais eles podem obter mais dinheiro. No caso dos cibercriminosos esta premissa também é verdadeira, em especial, no caso dos que usam ransomware contra hospitais para cometer crimes.
Continue lendo Ransomware em hospitais: uma infecção difícil de curar

O que toda empresa precisa saber sobre Transformação Digital e proteção de dados

De acordo com o estudo
De acordo com o estudo “Mercado Brasileiro de Softwares e Serviços 2016”, 54% das médias e grandes empresas no Brasil devem realizar investimentos em Transformação Digital até o final de 2016

Vivemos um período no qual as mudanças acontecem mais rápido do que nunca. A cada mês surgem novidades no mercado de tecnologia e a TI passa por uma revolução assustadora. Com isso, surgem novas possibilidades e também novas necessidades. A Transformação Digital (DX) traz mais agilidade para o mundo dos negócios, pois permite capturar, analisar e tomar decisões sobre quantidades imensas de dados.
Continue lendo O que toda empresa precisa saber sobre Transformação Digital e proteção de dados

Empresas sofrem um ataque de ransomware a cada 40 segundos, diz relatório

Com o surgimento de mais de 62 novas famílias de malware no ano, essa ameaça é considerada a principal de 2016 pela Kaspersky Lab
Com o surgimento de mais de 62 novas famílias de malware no ano, essa ameaça é considerada a principal de 2016 pela Kaspersky Lab

Os ataques de ransomware a empresas aumentaram três vezes neste ano. Ou seja, cresceu de um ataque a cada 2 minutos, em janeiro, para um ataque a cada 40 segundos, em outubro. Já o índice de ataques individuais aumentou de um a cada 20 segundos para um a cada 10 segundos. Com o surgimento de mais de 62 novas famílias de ransomware durante o ano, essa ameaça cresceu de modo tão contundente que a Kaspersky Lab declarou o ransomware seu principal tema de 2016.
Continue lendo Empresas sofrem um ataque de ransomware a cada 40 segundos, diz relatório

Agronegócio: Como a IoT pode ajudar a acabar com a fome

Cada dispositivo de Internet das Coisas instalado no campo faz parte de uma
Cada dispositivo de Internet das Coisas instalado no campo faz parte de uma “brigada” voltada à otimização de todos os processos de agribusiness

Até 2050 o mundo terá 9,6 bilhões de pessoas. Para que a população consiga sobreviver, a produção de alimentos terá de crescer 70% em relação ao que era gerado no planeta em 2006. Isso é o que diz a FAO, agência da ONU para a alimentação e a agricultura. Esse avanço terá de ser feito a partir do uso otimizado da água, em meio a dramáticas mudanças climáticas e, é claro, com a máxima economia e produtividade.

A agricultura digital ou de precisão é um dos elementos críticos para a conquista dessas metas. Em especial, vale destacar o papel da Internet das Coisas (IoT) nesse quadro. Ao entrar no mundo rural, o sensor IoT “acende” áreas antes não digitalizadas. O resultado disso é produtividade, lucro e alimentos de melhor qualidade.
Continue lendo Agronegócio: Como a IoT pode ajudar a acabar com a fome

No Brasil, aplicações de biometria avançam entre empresas e usuários

Curador do evento Biometrics HITech indica tecnologias que já impactam diferentes verticais econômicas, de finanças a educação e consumo

As tecnologias de biometria que, segundo a empresa indiana de pesquisas de mercados digitais 6WResearch, devem representar um mercado global de US$ 21,9 bilhões em 2020, começam a ganhar corpo também no Brasil, com aplicações nas mais diferentes verticais econômicas, de finanças a educação.

A biometria, que ganha destaque como tecnologia para aumentar a segurança de dados e transações, tem outros atributos que a colocam como alternativa segura e diferenciada para eliminar processos burocráticos, agilizar identificação de pessoas e evitar fraudes e crimes de falsificação de documentos, tanto em empresas quanto instituições públicas e privadas.
Continue lendo No Brasil, aplicações de biometria avançam entre empresas e usuários