SGE Mobile

SGE Mobile é a solução ideal para sua equipe de vendas externas trazendo mobilidade e agilidade para sua empresa.

Veja as vantagens de utilizar um aplicativo para gerenciamento de pedidos:

– EMISSÃO DE PEDIDOS

Emita seus pedidos de forma simples e prática.

– CONSULTA DE CLIENTES E HISTÓRICOS DE COMPRA

Tenha o cadastro de clientes atualizadas com históricos de compras efetivadas.

– AGENDA DE COMPROMISSOS

Agenda de compromissos disponível da palma da sua mão.

– CONSULTA DE PREÇOS DE PRODUTOS

Catálogo completo de preços e produtos.

– INTEGRAÇÃO COM ERP | SGE

Atualização de forma fácil com sistema SGE.

– APLICATIVO FÁCIL E INTUITIVO DE USAR

Firewall – Forma simples e eficaz de proteger seus dados

Firewall é uma forma simples e eficaz de proteger seus dados com segurança, pois possibilita o bloqueio da sua rede contra ameaças e ataques pela Internet. Podemos proteger o seu sistema de todos os tipos de worms, malware, spam, spyware, trojans e outras ameaças on-line. Por prevenção ou detecção de conteúdo, o firewall mantém sua rede com menos risco de infecção de vírus e de programas maliciosos que são desenvolvidos para roubar informações sigilosas da sua empresa como senhas e dados.

Uma importante relação a ser considerada é o custo para proteger a rede interna através da utilização de firewalls versus o custo relativo a perdas provocadas por invasões externas, devido ao fato de não se possuir um firewall.
O principal benefício do firewall é impedir que os utilizadores da internet, não autorizados, acessem as redes ligadas à internet.

Outros benefícios:

* Evitam os ataques de outros servidores à rede privada.
* Permitem ao administrador da rede definir um funil, mantendo à margem os usuários não-autorizados.
* Permitem monitorar a segurança.
* Concentram a segurança, centralizam os acessos.

Quer saber mais sobre essa solução da Insoft? Entre em contato conosco e tire todas dúvidas.

Papel do ERP no controle de contas

Em um mercado competitivo como o que se apresenta atualmente em todos os setores, realizar um controle de contas é essencial para qualquer tipo de empresa.

Sistemas para gestão financeira:

Fazer o controle financeiro e realizá-lo manualmente a partir do uso de tabelas, calculadoras ou planilhas de Excel é um problema que pode gerar uma grande quantidade de erros e um longo tempo de trabalho perdido. Além disso, a falta de integração com outros setores da empresa acaba impossibilitando a tomada de decisão ágil e precisa.

Com o passar do tempo os sistemas de gestão trouxeram vantagens competitivas para as empresas, processando as informações de uma forma rápida e segura, possibilitando que os gestores possam ter um olhar completo sobre a área financeira tomando medidas gerencias com mais segurança.

Informações atualizadas e disponível para todos setores:

Com a utilização de um sistema de gestão, as informações estarão sempre atualizadas e disponíveis para todas áreas da empresa de uma forma simples e rápida.

A aquisição de um sistema de gestão se faz necessário para qualquer empresa que busca um efetivo controle de contas, para agregar vantagens competitivas de auxilio aos gestores nas tomadas de decisão.

A principal diferença é que, com a adoção de um sistema de gestão, as horas gastas nas atividades cotidianas se transformam em minutos; a consulta a várias planilhas deixa de existir e qualquer informação de qualquer área da empresa, está sempre a um clique de você.

Motivos para pequenas empresas investirem em um sistema de gestão empresarial

1. Otimização e cuidados com desperdícios: controlar a saúde financeira do negócio e tomar decisões assertivas no momento correto é muito importante quando falamos em finanças. Ter um sistema que permite gerar informações confiáveis para esta área pode ser a diferença entre pagar juros altos ou aplicar sua lucratividade em ofertas mais rentáveis.

2. Agilidade no atendimento de entregas e diminuição nos custos de estoques: pequenas empresas precisam de agilidade de entrega e, ao mesmo tempo, manutenção de um estoque enxuto para atender a demanda. Ter um sistema que permita buscar com facilidade os produtos a serem entregues, criar caminhos de entregas e monitorar o excesso de armazenagens torna a empresa mais competitiva e desejada como fornecedora.

3. Gestão de vendas eficiente e organizada: através de automações e tecnologia é possível ajustar a comunicação da área comercial com as demais áreas da empresa.
Um sistema de gestão deve facilitar a entrada de pedidos, calcular todos os impostos, taxas e despesas, permitindo que a área comercial faça as melhores negociações, atendendo clientes e as metas da empresa. Hoje, com os sistemas de gestão empresarial, já é possível disponibilizar para pequenas empresas várias formas de entradas de pedidos feitas diretamente pelos vendedores e representantes em campo.

Falta de cuidados na área de TI pode prejudicar empresas de qualquer tamanho

Pequenas empresas não tem o cuidado necessário com segurança quando falamos em tecnologia. Apenas 33% das pequenas empresas dão atenção as suas equipes de TI, enquanto mais da metade das empresas de médio e grande porte considera isso uma questão essencial, conforme Relatório de Riscos de Segurança de TI da Kaspersky Lab.

Funcionários desinformados, utilizando os recursos de TI de uma forma imprópria pode colocar a proteção da organização em perigo, prejudicando suas empresas independentemente do seu tamanho. De acordo com a pesquisa, ações de funcionários estão entre os principais desafios de segurança que fazem as empresas se sentirem inseguras. Mais da metade das empresas que tiveram problemas de segurança admitiram que o comportamento negligente e a desinformação dos funcionários contribuíram para isso.

Assim como nas grandes empresas, pequenas e médias tem o desafio de organizar uma infraestrutura de TI em evolução constante. Essa nova realidade empresarial está forçando os gestores a prestar mais atenção à segurança na área de TI e ao controle de atividades dos funcionários assustadoramente perigosas.

Confira qual foi o cenário de ameaças nos dispositivos móveis em 2016

65 milhões: o número de vezes que bloqueamos ameaças móveis em 2016. Até dezembro de 2016, o número total de amostras originais de aplicativos maliciosos no sistema Android coletado e analisado por nós, bateu a marca de 19,2 milhões – uma enorme diferença das 10,7 milhões amostras coletadas em 2015.

Na verdade, a ubiquidade dos dispositivos móveis entre os usuários individuais e as organizações, juntamente com os avanços das tecnologias que alimentam esses dispositivos, refletem a proliferação exponencial, o aumento da complexidade e a expansão das capacidades das ameaças móveis.
Continue lendo Confira qual foi o cenário de ameaças nos dispositivos móveis em 2016

Saiba a importância de um sistema de gestão em tempos de crise

Eficiência:

Um sistema ERP elimina processos repetitivos e reduz muito a necessidade de inserir informações manualmente. O sistema também simplificará os processos de negócios e tornará mais fácil e eficiente a coleta de dados pelas empresas.

Informação Integrada:

Em vez de ter dados distribuídos em vários bancos de dados separados, todas as informações agora estão localizadas em um único local. Os dados também são mantidos consistentes e atualizados.

Relatórios:

O software ERP ajuda a tornar os relatórios mais fáceis e mais personalizáveis. Com recursos de relatórios aprimorados, sua empresa pode responder a solicitações de dados complexas com mais facilidade.

Serviço ao cliente. É mais fácil fornecer um serviço ao cliente de alta qualidade usando um sistema ERP. As pessoas de vendas e serviço ao cliente podem interagir melhor com os clientes e melhorar os relacionamentos com eles, através de um acesso mais rápido e preciso às informações e à história dos clientes.

Segurança:

Um novo sistema melhorará a precisão, consistência e segurança dos dados.

Quer mais controle e agilidade no seu dia a dia? Entre em contato conosco e tire todas dúvidas. 

Um olhar financeiro sobre a terceirização de infraestrutura de TI

Não há mais dúvidas de que apostar nos benefícios trazidos pela Tecnologia da Informação é investir no próprio desenvolvimento do negócio. Quando o objetivo é crescer, é na TI que as estratégias de aumento de produção e otimização dos recursos internos das organizações se concentram. E, essa consciência tem se tornado mais forte entre os CEOs brasileiros, que finalmente estão aprendendo o real valor desse investimento e o impacto positivo que eles podem trazer.

Ao mesmo tempo, investir em uma estrutura própria de TI, além de custar caro, envolve dedicação e atenção dos gestores para formar equipe, gerir seu desempenho, acompanhar processos operacionais, acompanhar obsolescência tecnológica, entre outras atividades operacionais que demandam tempo e desviam sua atenção do que é mais primordial, seu core business. Neste sentido, a terceirização ganha cada vez mais espaço. Delegando a terceiros as atividades que não são as principais do negócio, é possível concentrar os esforços apenas no que realmente importa, e ainda contar com fornecedoras altamente especializadas para administrar o ambiente de TI de forma mais eficiente.

Porém, fica claro que em tempos de crise financeira e recessão como o que estamos passando, os investimentos em TI têm sido postergados para dar lugar a despesas imediatas inerentes ao negócio, como pagamento dos salários dos funcionários, pagamento de dívidas, compromissos com fornecedores, entre outros. Sem o investimento necessário, um baixo investimento em tecnologia e as tecnologias que suportam o negócio ficam defasadas o que, na minha opinião deveria ser prioridade.
Continue lendo Um olhar financeiro sobre a terceirização de infraestrutura de TI

Estratégia e segurança de informação

O fato da segurança da informação ser fundamental para as operações das empresas, já é consolidado e exaustivamente debatido em qualquer bibliografia, assim como a importância e a necessidade de controlar e preservar as informações não autorizadas de ataques de hacker.

O que gostaria de passar nesta publicação é a importância de tratar a segurança da informação no nível estratégico das organizações e não somente deixar essa tarefa para as equipes técnicas especializadas.
Continue lendo Estratégia e segurança de informação

Anatel contraria ministro e diz que não há planos de limitar internet fixa

A Anatel e o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações parecem estar em desacordo. Enquanto o ministro Gilberto Kassab afirma que a partir de 2017 começaremos a ver os planos de internet fixa limitada, a Anatel diz que não há qualquer plano para reabrir essa discussão, e que tudo continua como está.

Atualmente, a prática das franquias da banda larga fixa está proibida por uma medida cautelar vigente por tempo indeterminado. A medida foi tomada pela Anatel após a comoção popular observada no ano passado, quando o tema ganhou força. A decisão foi anunciada como uma forma de ganhar mais tempo para discutir e observar os prós e contras das franquias.

Em entrevista ao G1, Juarez Quadros, atual presidente da agência, contrariou as declarações do ministro Gilberto Kassab. “Não há, por parte do Ministério e também da Anatel, nenhuma intenção de reabrir a questão”, afirmou ele.

Segundo Quadros, Gilberto Kassab cometeu um equívoco em sua declaração de que pacotes de dados limitados poderão ser comercializados a partir da segunda metade do ano.
Continue lendo Anatel contraria ministro e diz que não há planos de limitar internet fixa